Badminton - Clear, Lob e Amorti em Espaço Reduzido



Organização
8 alunos por campo
Dividir o campo de Badminton em 2 corredores de jogo.
Cada corredor com 4 alunos divididos em 2 equipas e separados pela rede.
Apenas são permitidos os seguintes gestos técnicos: Lob, Clear e Amorti
Os alunos colocam-se nos limites da área de serviço (um à frente e o outro a trás)


Desenvolvimento
O aluno mais à frente serve 
O aluno da frente bate os volantes que caiam perto da rede (lob, amorti)
O aluno de trás bate os volantes que passem por cima do seu colega  (clear, lob, amorti)

Situação 1
Os elementos da equipa trocam de posição ao sinal do professor

Situação 2
Sempre que for necessário servir, os elementos da equipa trocam de posição.

Situação 3 - Rotação de equipas
Ao sinal do professor os alunos mudam de campo, jogando contra outra equipa (poderá a cada rotação mudar a posição dos alunos)

Futsal - Exercício Lúdico para interiorização de corredores de jogo

Noção de espaço - Jogo 1X1 - Interiorização de Corredores de Jogo

Organização:
A turma agrupa-se em pares de igual nível técnico.
Em campo estão 14 alunos.
O campo está dividido em 6 partes sendo a área do GR comum a todos os jogadores desse 1/2 campo.
Equipas divididas em jogadores atacantes (3) e jogadores defensores (3+GR).

Descrição:
Bola é sorteada e sai do 1/2 campo para a zona de ataque dessa equipa .
Início do Jogo,
  • O jogo tem início no 1/2 campo pelos jogadores atacantes da equipa que ganhou o sorteio. 
  • Todos os Jogadores adversários devem estar colocados  a 3m. para permitir a entrada do  1º passe para um dos corredores laterais atacantes.
  • A partir do 1º passe a bola está em jogo. Nenhum jogador pode sair do seu corredor.
  • Em cada corredor joga-se 1x1
  • A cada golo trocam-se as funções (atacantes passam a defensores e defensores a atacantes).
  • A cada 5 minutos trocam-se posições de jogo 
    • Ala -> Pivô/Fixo -> Ala -> GR - sempre com o seu par.

Futsal - Desmarcação/Mobilidade 3

Exercício de Mobilidade 3 - Exercício 3



Objetivo:

Jogo do Meinho com Mobilidade

Ataque

  • Desmarcação, Mobilidade e Leitura de Jogo.

Defesa

  • Interceção, fecho de Linhas de Passe
Descrição:

Em termos de ataque o exercício é idêntico ao anterior, a alteração é a introdução de um defensor que apenas pode intercetar a bola. Se o conseguir efetua um passe para um colega colocado nos "mecos" e ocupa o livre. 
Jogador atacante que fez o "mau passe" passa a defensor.

Futsal - Desmarcação / Mobilidade 2

Exercício de Mobilidade 2 - Exercício 2


Objetivo:

 Mobilidade após passe e leitura da situação de jogo.

Descriçaõ:

Passe e desmarca, se todos os "mecos" estiverem ocupados desloca-se para trás do colega com bola, se houver um "meco" livre, ocupa esse espaço.

Exemplo:

O exercício inicia-se com passe do jogador 1 para o jogador 2, como todos os "mecos" estão ocupados, após passe o jogador desloca-se para trás do jogador anterior (como o fazia no exercício anterior).
Jogador 2 passa ao jogador 3, e ocupa a posição vaga.
Jogador 3 passa ao jogador 4, como não há "meco" vago, segue para trás do portador da bola.
Jogador 4 passa a bola e ocupa a posição vaga.

Futsal - Desmarcação / Mobilidade - 1

Exercício de Mobilidade - Exercício 1



Objetivo:

Movimentação após passe.

Organização:
Campo dividido em 4 ou mais quadrados, podendo, caso sejam mais alunos adotar outras configurações (pentágono, Hexágono).
O exercício inicia-se com 1 jogador em cada "meco", mas desenrola-se num triângulo, mantendo-se o "meco", onde se iniciou o exercício-critério, livre até ao final.

Descrição:
Passe e deslocamento para a posição ocupada pelo portador da bola.
Os alunos não têm que seguir nenhuma ordem específica, podem realizar o passe para qualquer aluno disponível.

Exemplo:
  • aluno 1 passa ao aluno 2 e desloca-se para a posição deste
  • aluno 2 passa ao aluno 3 e desloca-se para a posição deste
  • aluno 3 passa ao aluno 4 e desloca-se para aposição deste 
  • aluno 4 passa a bola para aluno 1 e ocupa a sua posição, e assim sucessivamente




Voleibol - Assimilação do Remate


Organização

Grupos de 2, frente a frente na linha dos 3m.
1 bola por grupo
Se houver apenas um campo, podem-se formar filas fora dos 3 metros e os alunos  executam o exercício critério sequencialmente ("quem bate" vai para o fim da fila).

Descrição

O aluno com bola, inicia o exercício com um batimento por cima da rede o outro aluno, em frente, executa o batimento por baixo da rede
De 3 em 3 batimentos trocam as funções, mas não as posições e assim sucessivamente até o professor  parar a tarefa.
Em grupos grandes podem bater alternadamente, desde que mantenham a estrutura do exercício.
 - cada aluno bate 3 x por cima e 3x por baixo até que o exercício critério seja dado como terminado pelo professor

Voleibol - Jogo de Cooperação em Passe - 3 com 3


Objetivo 
Introdução da figura de Distribuidor
Trabalho de pés do distribuidor.

Organização
Campo de jogo  4X4 ou 4x4
Grupos de 6 alunos divididos em 2 equipas de 3
Obrigatoriedade de 3 toques
Preferência de Manchete na receção
2 alunos na receção 1m abaixo dos 3m e um jogador avançado a 1m da rede

Descrição
Serviço realizado em passe na linha dos 3 metros, direto para o campo oposto de forma jogável.
Receção por um dos defesas, colocação da bola no distribuidor.
Distribuidor coloca a bola no jogador que não recebeu a bola.

Exigência do exercício
Distribuidor deve orientar-se no espaço de forma a colocar a bola no jogador que não fez a receção.


Basquetebol - Contra-Ataque - 2X1


Organização

2 Filas

  • A na linha final
  • B na linha lateral

Trocam de fila no fim do exercício. Jogador A -> defesa, defesa -> jogador B, Jogador B -> jogador A

Descrição

Jogador A da LF faz reposição da bola em jogo
Jogador fila B da LL entra em campo e faz finta de desmarcação para entrada em posse de bola

Jogador A depois de colocar a bola em jogo desmarca-se em velocidade para o cesto adversário pelo corredor lateral oposto ao jogador A.
Jogador após receber a bola, enquadra-se com o cesto adversário e arranca em drible pelo corredor lateral, fixando o defesa no corredor lateral, libertando o colega de qualquer marcação permitindo uma concretização fácil. Assim que fixa o defesa liberta a bola para o jogador A que entra pelo corredor lateral. Se o defesa não sair à bola o jogador B tenta a concretização.
Jogador A recebe a bola,  lança na passada, se não recebe a bola e vai ao ressalto.
Jogador se passa vai ao ressalto, se recupera a bola, lança.


Basquetebol - Contra-Ataque 2X0


Organização

2 filas

  • A - Linha Final (LF) 
  • B - Linha Lateral (LL) 

Trocam de fila no fim do exercício

Descrição

Jogador A da LF faz reposição da bola em jogo.
Jogador B da LL entra em campo e faz finta de desmarcação para entrada em posse de bola.

Jogador A depois de colocar a bola em jogo desmarca-se em velocidade para o cesto adversário pelo corredor lateral oposto ao jogador A.
Jogador B após receber a bola, enquadra-se com o cesto adversário e arranca em drible ocupando o corredor central, próximo da LLL (linha de lance livre) pára a 1 tempo e coloca a bola no colega que entra pelo corredor lateral.
Jogador A recebe a bola e lança na passada.
Jogador B vai ao ressalto, se recupera a bola, lança.

Voleibol - Jogo de Cooperação em Passe/Manchete - 3 Toques


Objetivo
Manter a bola em jogo (cooperação entre os elementos das 2 equipas) o máximo de tempo possível respeitando as orientações do professor, num campo reduzido limitado pela linha de 3 metros. introdução da figura do distribuidor.

Organização
Duas equipas de 2 alunos de cada lado;
Posição inicial com ambos os alunos lado a lado, na receção;
Serviço (em passe) alternado;
Campo reduzido 3 por 3.

Desenvolvimento
Bola posta em jogo com passe direto para o campo contrário;
Obrigação de realização de, no mínimo, 2 toques, mas preferencialmente 3 toques;
Posição inicial com ambos os alunos lado a lado, na receção; o aluno que não recebe a bola desloca-se para a rede, adotando uma posição prependicular, a 1 braço desta (posição de distribuidor).
O aluno que recebeu a bola deve passá-la ao colega distribuidor que a devolve numa trajetória paralela à rede; após passe deve, depois de analisada a trajetória da bola, deslocar-se no espaço por forma a enviar a bola para o campo contrário, em passe.
A Manchete apenas deve ser utilizada, inicialmente,apenas em casos extremos e mais tarde sempre na receção.
Se a bola transpuser a rede ao 1º toque é considerada uma falha e deve recomeçar do lado onde esta foi cometida.
Se a bola for enviada para fora dos limites do campo, repõe em jogo a equipa que a colocou fora.

Estratégia
A bola é reposta em jogo sempre do lado onde caiu (ou onde foi cometida uma falha à dinâmica solicitada pelo exercício critério) . Desta forma impede-se que os alunos, à revelia, joguem uns contra os outros e tentem marcar ponto.
O campo reduzido obriga os alunos a controlarem a execução do gesto técnico.

Voleibol - Jogo de Cooperação em Passe/Manchete - 2 Toques



Objetivo
Manter a bola em jogo (cooperação entre os elementos das 2 equipas) o máximo de tempo possível respeitando as orientações do professor, num campo reduzido limitado pela linha de 3 metros.

Organização
Duas equipas de 2 alunos de cada lado;
Posição inicial com ambos os alunos lado a lado, na receção;
Serviço (em passe) alternado;
Campo reduzido 3 por 3.

Desenvolvimento
Bola posta em jogo com passe direto para o campo contrário;
Obrigação de realização de  2 toques antes do envio para o campo oposto (preferencialmente passe a duas mãos por cima da cabeça);
A Manchete apenas deve ser utilizada em casos extremos;
Se a bola transpuser a rede ao 1º toque é considerada uma falha e deve recomeçar do lado onde esta foi cometida.

Estratégia
A bola é reposta em jogo sempre do lado onde caiu (ou onde foi cometida uma falha à dinâmica solicitada pelo exercício critério) . Desta forma impede-se que os alunos, à revelia, joguem uns contra os outros e tentem marcar ponto.
O campo reduzido obriga os alunos a controlarem a execução do gesto técnico.


Basquetebol - Passe e Corte III - 3x0 - Exercício Dinâmico

Bola no Extremo

Organização

3 colunas de jogadores - 1 na posição de base e as outras nas posições de extremo

Desenvolvimento

Passe do extremo ao base e corte para receção e lançamento na passada
Base passa ao extremo e vai ao ressalto ofensivo.
Extremo do lado contrário sobe e ocupa o corredor central deixado livre pelo base.
Assim que a bola retorna à posição do extremo reinicia o exercício sem tempos de espera

Rotação

Quem lança vai para a coluna do extremo contrário
Quem vai ao RO (ressalto ofensivo) recupera a bola e devolve à coluna (extremo) com bola.


Corfebol - 4x0 em Losango - Movimentação de jogadores sem lançamento

Organização

4 jogadores colocados em losango
1 bola
Jogador (1) começa com a bola
Jogador (2) está à direita deste, o Jogador (4) à esquerda e o jogador (3) em frente.

Descrição

Jogador (1) com bola passa a um colega (2) e desloca-se para a posição de Assistente.
Jogador (2) devolve a bola ao Assistente (1) e ocupa a posição deixada vaga por este.
Jogador (3) ocupa a posição do jogador (2) e o jogador (4) a do jogador (3).

Assistente devolve a bola para fora - para a posição (1) e ocupa a posição vaga (4). Reinicia-se todo o exercício.

Evolução

O exercício é o mesmo mas os alunos utilizam a desmarcação em V



Corfebol - Lançamento de curta e longa distância


Organização

8 grupos com 3 a 4 alunos por grupo
4 grupos ocupam um 1/2 campo e os outros 4 noutro.
Os 4 grupos dispõem-se em quadrado e trabalham 2 a 2 (em diagonal)

Descrição

Os alunos executam alternadamente Lançamento de curta e longa distância Após lançamento agarram a bola e passam ao colega que se encontra na coluna da diagonal oposta.
Para o lançamento de curta distância ( por baixo), uma das colunas pode estar mais avançada em relação ao cesto

Movimentação de Jogadores

Após lançamento recupera a bola,  passa a bola à coluna oposta e desloca-se para o final dessa coluna.

Corfebol - Exercício de Preparação para Lançamento



Organização

8 colunas de alunos com 3, 4 alunos por coluna, dispostos como indica a imagem.
4 bolas de Corfebol ou Futebol de 5.

Descrição
  1. Realizam lançamento por baixo para a coluna em frente, descrevendo um arco alto que ultrapasse a altura do cesto.
  2. Realizam lançamento de longa distância para o colega, descrevendo um arco alto que ultrapasse a altura do cesto. 

Movimentação de Jogadores

 Após " Lançamento/passe" desloca-se para a fila da frente.

Badminton - Volminton - Atividade Lúdica 8

VOLMINTON 



Organização
  • campo de badminton
  • 3 jogadores de cada lado
  • cada jogador com uma raquete
  • 1 volante
Descrição
O VOLMINTON joga-se num campo de Badminton , utilizando as linhas laterais do jogo de pares e as linhas finais.
As equipas são formadas por 3 jogadores
Os alunos dispõem-se em triângulo no campo de badminton, um jogador na área de serviço par, outro na área de serviço ímpar e o terceiro  ao fundo partilhando ambas as áreas. A área comum da frente pode ser jogada por qualquer dos alunos da frente após o serviço
  • No início do jogo a posse do volante é sorteada. 
  • Respeitam-se as regras de badminton para o serviço.
    • Serviço par, lado direito
    • Serviço ímpar, lado esquerdo
    • Serviço tem que ser cruzado e colocado na área correspondente ao serviço de pares.
    • O serviço só pode ser recebido pelo aluno que estiver colocado na área  correspondente
    • Jogador do fundo de campo, não pode responder ao serviço
    • Sempre que uma equipa marca ponto e ganha a posse do volante, os jogadores rodam uma posição (como no voleibol)
    • Serve o jogador que estiver na área correspondente à pontuação da equipa
    • Se durante a posse do volante a equipa que serve marcar ponto, quem vai efetuar o novo serviço é o jogador colocado na outra área de serviço, sem rotação (e assim sucessivamente até à perda da posse do volante)
  • Cada equipa apenas pode fazer um batimento por jogada.
  • Só se roda quando a equipa ganha ponto e serviço = "posse de volante"
  • O serviço é alternado equanto a equipa mantiver o direito de servir
  • O  jogador do fundo ("0") deverá ter sempre os pés atrás da linha dos pés dos avançados
  • O jogador do fundo = posição "0"
  • O jogador avançado da esquerda = posição "1"
  • O jogador avançado  da direita = posição "2"
  • A rotação é feita no sentido dos ponteiros do relógio - 0->1->2->0...
  • O jogo termina aos 21 pontos com diferença de 2 até a um máximo de 29 pontos

Futsal - Exercício Critério de 2x1


Organização
Turma dividida em 4 Grupos
2 grupos em cada linha de fundo (um grupo de Ataque e um grupo de Defesa)
1 bola
Descrição
O exercício inicia-se com o passe do jogador defesa (vermelho) para o jogador atacante (laranja).
Depois do passe jogam 2X0 até 1/2 campo e 2X1 depois do 1/2 campo (vermelho/laranja X azul).
Se o jogador defesa (azul) interceta a bola, coloca-a de imediato no jogador atacante (amarelo) e jogam 2X0 até 1/2 campo e 2X1 depois do 1/2 campo (azul/amarelo X vermelho).
Se a bola sair de campo durante o 2X1, coloca-a em jogo quem de direito for, de acordo com as regras de futsal.
Rotação
Campo dividido longitudinalmente, depois da realização do exercício, o aluno ocupa um lugar na coluna  em frente à qual partiu
Vermelhos (defesas) após ataque ficam na coluna dos amarelos (atacantes) e os amarelos na coluna dos vermelhos
Azuis (defesas) após ataque ficam na coluna dos laranjas (atacantes) e os laranjas na coluna dos azuis
Alternam assim as funções sem saírem do seu 1/2 campo longitudinal.

Futsal - Atividade Lúdica - Dia dos Namorados

Cooperação, integração, partilha.

Organização

  • Os alunos organizam-se em pares aleatórios e dão as mãos
  • O professor faz duas equipas de pares (5x2) X (5x2)

Descrição
Jogam (5x2) X (5x2)

  • O par não pode largar as mãos durante todo o jogo
  • É falta, se um membro do par jogar a bola sem as mãos dadas.
  • GR's  podem segurar a bola nas mãos, mas sem largar o companheiro
  • Os membros do par podem passar a bola um ao outro.
  • Aplicam-se as regras normais de jogo de futsal



Basquetebol - Jogos Lúdicos 10

Lançamento em apoio
Organização

  • Turma dividida em 2 ou em 4 equipas, de acordo com o número de cestos disponíveis.
  • Quatro marcações no campo (quadrados azuis)
  • Lançamento em apoio 
  • 7 (+-, à escolha do professor) lançamentos em cada marca.
  • 24 cestos concretizados por equipa

Descrição

  • Ao sinal do professor inicia-se a atividade
  • Os alunos procuram marcar 7 cestos em cada  marca azul.
  • Quando conseguirem marcar os 7 cestos passam à marca seguinte, ganha a equipa que terminar primeiro os 4  percursos (24 cestos concretizados por equipa)
  • Alunos devem contar alto os cestos concretizado,  para que o professor possa ter controlo sobre a atividade.


Alternativa
Se forem muitos alunos, com elevada capacidade de concretização, podem-se fazer campeonatos por tempo.
p.ex: Se forem feitas 4 equipas, jogam primeiro duas e regista-se a tempo da equipa que termina primeiro o percurso de 24 pontos. Depois competem outras 2 e regista-se o melhor tempo destas. Competem no fim as duas para as quais não há tempo registado. Apura-se assim o vencedor.

Atividade Lúdica - Mudança de Casa

Condição Física, Velocidade Reação, Destreza Física
Organização

  • Espaço limitado 
  • Um "meco" para cada aluno + 3 vazios (ou mais dependendo da turma)
Descrição
  • Cada aluno ocupa inicialmente um meco (casa)
  • Ao apito do professor deve procurar um nova casa
  • Todos os alunos devem sair de sua casa e não poderão regressar à casa abandonada na mesma jogada.
  • Professor deve aguardar que todos os alunos estejam reposicionados antes de ordenar nova mudança de casa.
Alternativas
  • O professor vai retirando uma casa de cada vez
  • Quando o número de casas for inferior ao número de alunos, pode optar por variadas situações.
    • O Aluno que ficou sem casa :
      • fica uma vez fora da jogada
      • dá uma volta ao campo
      • faz um exercício de condição física (ex. 5 cangurus, ....)
      • tenta apanhar um fugitivo para ficar com a sua casa.
  • Quanto mais casas o professor tirar maior a disputa por estas. Maior o número de alunos em trabalho alternativo

Futsal - Atividade Lúdica - 4+4+GR X 4+4+GR


Organização
Tal como no exercício anterior, existem 2 equipas subdivididas em outras 2:
  • vermelha/amarela 4+4+GR
  • azul/laranja 4+4+GR
O GR é comum às duas subequipas ou se houver outro GR este aguarda, tal como no exercício anterior, ao lado da baliza.
O Campo de jogo está dividido ao meio, alunos não podem transitar de um 1/2 campo para o outro.

Descrição
Jogam 4x4+GR em cada 1/2 campo
Azuis jogam contra os amarelos tentando construir uma jogada de ataque que lhes permita marcar golo.
Amarelos se recuperam a posse de bola tentam fazê-la transitar para o outro 1/2 campo, (sem o ultrapassar), para que os vermelhos possam construir uma jogada de ataque e marcar golo. 
Laranjas se recuperam a posse de bola tentam fazer o mesmo, colocar a bola  no outro 1/2 campo, (sem o ultrapassar), na sua subequipa azul, para que esta possa construir uma jogada de ataque que lhes permita marcar golo.
Sempre que houver golo trocam de funções dentro da equipa. Quem estava a atacar passa a defender e vice versa. Trocam também o aluno GR, que passa a jogador de campo e um jogador de campo passa a GR.

Alternativa
  • 2 situações possíveis na troca de funções (defesa/ataque)
    • Só trocam de funções os jogadores da equipa que marcou golo (permite que subequipas equilibradas joguem primeiro com uma subequipa contrária e depois com a outra)
    • Trocam de funções ambas as equipas ( utilizar esta solução quando as equipas estão equilibradas 2 a 2, neste caso podemos ter no mesmo jogo 2 subequipa feminina e 2 masculinas)

Futsal - Atividade Lúdica - 4x4 e 4x3

Jogos de Igualdade e/ou Superioridade Numérica



Organização

  • Campo dividido em 3
  • Mecos colocados na 2ª marca de penalidade
  • 2 equipas subdivididas em outras 2 (amarelo/azul e laranja/vermelho)
  • Na equipa amarelo/azul, os amarelos apenas defendem e os azuis atacam.
  • Na equipa laranja/vermelho, os laranjas apenas defendem e os vermelhos atacam.
  • O GR pertencem a ambas as equipas ou caso todas as subequipas tenham o mesmo número de jogadores, um aluno (GR) aguarda a sua entrada fora do jogo.
Descrição
  • O jogo inicia-se no 1/2 campo da seguinte forma:
    • O professor define qual a equipa que sai com a bola;
    • Bola colocada no 1/2 campo e após apito os alunos disputam a bola;
    • Bola é lançada pelo professor para o meio campo.
  • Azuis e vermelhos disputam a posse de bola, procuram fazer com que esta passe  a zona demarcada (mecos amarelos)  para poderem marcar golo.
  • Azuis não podem recuar para a zona de defesa e ajudar os amarelos, mas se ultrapassarem os vermelhos jogam contra os laranjas até marcarem golo ou perderem a posse da bola.
  • Vermelhos não podem recuar para a zona de defesa e ajudar os laranjas, mas se ultrapassarem os azuis jogam com os amarelos até marcarem golo ou perderem a posse da bola.
  • Trocam de funções dentro da equipa sempre que for golo ou a cada 10 minutos
  • Cada vez que trocam de funções o GR passa a jogador de campo e um outro jogador ocupa a função de GR (aguardando ao lado da baliza)
  • Jogam sempre em igualdade numérica
Alternativa
As 4 equipas são formadas por apenas 4 jogadores  permitindo que o ataque após transpor os mecos se encontre em superioridade numérica. A troca de GR processa-se da mesma forma.


Andebol. - Contra-Ataque 2x0

Organização
Alunos divididos em 4 colunas na Linha Lateral (LL), 2 em cada ½ campo, apenas trocam de posição entre si, sem nunca rodarem para o lado oposto
Não há Guarda-Redes (GR)
Descrição
Deslocamentos rápidos para a frente fazendo avançar a bola através de passes ofensivos.
O exercício inicia-se com um passe efetuado pelo professor da posição de GR  a um dos jogadores colocados nas colunas da LL mais próximas ( pode passar para a coluna da direita ou para a da esquerda é indiferente para o exercício).
Assim que o passe é efetuado o jogador do lado contrário arranca em corrida para receber a bola mais à frente e devolve-la ao colega
Quem receber o passe mais pr
oximo da línha dos 9m remata à baliza. Após remate recupera a bola e passa a um jogador da LL, para reiniciar o jogo.Alunos apenas trocam de fila na sua LL
Alternativa
Poderá colocar-se um aluno como GR, caso a turma seja grande, nesse caso o aluno que rematou fica à baliza e só depois de defender a próxima bola e colocá-la num jogador da LL. ocupará um lugar na coluna do lado a que pertence

Andebol - Contra Ataque 2x1+GR

Organização
Exercício basicamente semelhante ao anterior, com um grau de dificuldade ligeiramente superior, devido à presença do opositor.
Alunos divididos por 4 colunas. Após estarem colocados como no exercício anterior explica-se a rotação.
2 das colunas, em posições opostas, estão identificadas por 2 mecos. Alunos que estão colocados no meco , após a execução do exercício ocupam a posição de GR,  os outros ocupam a posição de defesa.
Defesa colocado aos 12 m. Tem como primeiro objetivo sair ao portador da bola.
Cada aluno após a tarefa regressa à fila  mais próxima do seu lado. Tal como no exercício anterior os alunos não trocam de lado.
Descrição
O exercício inicia-se com passe do GR para um aluno colocado próximo da linha lateral, o aluno colocado na fila oposta, após o passe, arranca em corrida para receber a bola numa posição mais ofensiva e jogam 2x1 até que haja um remate à baliza ou o ataque tenha perdido a bola.


Atividade Lúdica - Jogo da Seruma

Trabalho de Velocidade de Reação e Destreza Motora
Objetivo - os alunos de vermelho tem que percorrer o campo até passarem a LF (linha final) e regressar.
Organização
Turma dividida em 2 ( 10 alunos) se forem mais alunos a função do aluno central poderá ser partilhada.
Alunos ocupam linhas de um campo, neste caso o campo de ténis serviu de base ao jogo.
Os alunos apenas se podem deslocar nas suas linhas.
Os alunos colocados nas LL (linhas laterais) deslocam-se acima e abaixo, assim como o jogador colocado na linha que divide o campo longitudinalmente. Os outros aluno deslocam-se transversalmente.
Descrição
Os alunos de vermelho tentam transpor a LF oposta e regressar a casa, ganha quem perder menos membros.
Os alunos azuis podem apanhar (basta tocar) os vermelhos, desde que mantenham um pé em contato com a Linha a que pertencem. Se tocarem sem estarem em contato o aluno apanhado continua livre.
Alunos apanhados ficam parados no campo e aguardam que os salvem.
Cada aluno vermelho só pode - " ir e voltar" - poderá retroceder em campo para salvar um colega, mas após ter terminado não poderá voltar a entrar.

Alternativa
Aluno apanhado sai de jogo. Ganha a equipa que perder menos membros.

Basquetebol - Jogos Lúdicos 9

Trabalho Técnico de condição física, passe e Lançamento

Descrição:

  • 2 extremos e 2 extremos baixos, 1(coluna) aluno na reposição de bola
O exercício inicia-se com a colocação da bola em jogo para o extremo direito e reposiciona-se.
O extremo passa ao extremo baixo esquerdo e reposiciona-se
O extremo baixo passa em frente para o extremo baixo direito e reposiciona-se
Este passa para o extremo esquerdo e reposiciona-se. O extremo esquerdo lança e vai para a coluna (se houver) de reposição da bola em jogo.

Alternativa:
Quando os alunos dominarem o exercício este poderá ser feito simultâneamente para os dois lados

Palavras Chave:
  • Passe em frente
  • Passe abaixo cruzado
  • Passse  em frente
  • Passe acima cruzado
  • Lançamento

Andebol. 3x1 e 2x1 - Trabalho de Desmarcação e Marcação

3 x 1 -> 2 x 1

Material: 20 mecos para definir 8 campos (2 campos em cada 1/4 de campo); 8 bolas

3 X 1

Descrição:
Os alunos dividem-se em grupos de 4 (3 atacantes e 1 defensor)
Objetivo é "circular" a bola pelos atacantes sem que o defensor consiga intervir sobre esta.
Defesa tenta intercetar a bola

1.Situação
  1.  a bola circula pelos atacantes;
  2.  após passe, estes devem deslocar-se para o meco  livre;
  3. o defesa acompanha a movimentação da bola tentando intercetá-la;
  4. quando o defesa interceta a bola troca com o jogador que efetuou o passe.

2. Situação
  1.  a bola  é passado para o jogador com melhor linha de passe ( não é obrigatório fazer a bola circular);
  2. pode passar para o jogador que acabou de lhe passar a bola;
  3.  após passe, estes devem deslocar-se para o meco  livre;
  4. o defesa acompanha a movimentação da bola tentando intercetá-la;
  5. quando o defesa interceta a bola troca com o jogador que efetuou o passe.

Alternativa:
O professor pode optar por trocar o defesa à sua ordem controlando desse modo o tempo que cada um desenvolve a ação de defesa. Neste caso o defesa contará o número de interceções sobre a bola. Quando todos passarem pela situação de defesa elege o melhor defesa.

2 x 1 - Efetuar o mesmo exercício aumentando a intensidade deste:
  1. um aluno fica de fora;
  2. tempo do defesa controlado pelo professor;
  3. ao sinal do professor o aluno que está na defesa sai de jogo, o que está de fora entra para atacante e um dos atacantes passa a defesa.


Voleibol - 8 - Exercício de Aquecimento

Explicação:
Descrever um 8

  • Turma dividida em duas metades (se for muito grande podem-se dividir em 4 e cada grupo inicia o exercício num canto)
  • cada metade inicia o exercício em cantos opostos do campo (frente a frente)
  • 1. Corrida até à rede - 2. deslocamento lateral na rede, membros superiores fletido pelos cotovelos, prontos para a ação de bloco.
  • 3. No final da rede corrida em direção ao canto mais afastado do campo seguinte - 4. subida à rede - 5. deslocamento lateral na rede, membros superiores fletido pelos cotovelos, prontos para a ação de bloco.
  • 6. No final da rede corrida em direção ao canto mais afastado do campo seguinte
  • No final de 2 e 5 a bola deve manter-se do lado dos vermelhos
Alternativas:
  1. Alunos de vermelho possuem bola
    1. no deslocamento 2 e 5 entregam a bola à mão do aluno azul, com a seguinte cadência
      1. salto de entrega, 2 deslocamentos à rede, novo salto para receção.
      2. alunos devem coordenar a sua ação.
      3. Não devem atirar a bola para o outro lado ( se for necessário baixar um pouco a rede)
  2. Alunos de vermelho possuem bola
    1. na posição 2 e 5 fazem passe em deslocamento 

Basquetebol - 5 Abertos - III

Jogo em 1/2 campo, mantendo todas as condicionantes para a defesa (Regras de Mini 8) explicadas no Post anterior (5 Abertos - II). O ataque mantém as mesmas regras do Passe, Corte e Reposição. A concretização surge apenas por passe em profundidade para um corte após passe. Esta regra permite que todos tenham as mesmas oportunidades independentemente do seu domínio técnico.
Os jogadores opositores (adversários diretos) deverão ter um nível de jogo semelhante. Para que não haja vantagem técnico-táctica de um sobre o outro.
Neste momento os jogadores jogam livremente mantendo as regras e procurando colocar o passe no 1º corte que possibilite a abertura de linha de passe ofensiva.
Após Cesto reiniciam o jogo no 1/2 campo.

Regras
Defesa:

  • Cada aluno defende apenas o seu adversário direto.
  • Não há ajudas.
  • Pode  intercetar o passe
  • Não há roubo de bola.
  • Uma bola perdida pode ser recuperada por qualquer jogador independentemente de quem não a conseguiu dominar.
Ataque:
  • Só pode haver cesto se a bola for passada para uma linha de passe ofensiva (corte para o cesto).
  • O cesto só é válido se marcado dentro da área restritiva.
Nota: Em simultâneo deve ser trabalhada a transição defesa/ataque, conceito necessário para o passo seguinte - 5 Abertos - IV

Basquetebol - 5 Abertos - II

Na mesma linha do artigo anterior. Aplicação das regras do Mini 8 (proibido roubar a bola) a este exercício.
Exercício realizado em 1/2 campo com as seguintes condicionantes:
  • Não há Drible;
  • O exercício processa-se unicamente à custa do passe;
  • Defesa não pode roubar a bola;
  • O defesa pode intercetar a bola;
  • Se o defesa interceta o passe, trocam de funções passivamente reiniciam o exercício. 
Passe, Corte e Reposição em 5 Abertos


2 - Situação de aprendizagem (mecanização das movimentações)
Alunos dispostos no campo nas seguintes posições: 1 base; 2 extremos e 2 extremos baixos
A bola circula livremente pelos jogadores respeitando as seguintes regras:
  1. Quem passa corta para o cesto, tentando abrir uma linha de passe mais ofensiva;
  2. Quem corta para o cesto levanta a mão alvo a pedir a bola e mantém o olhar nesta;
  3. Quem recebe observa o corte do colega e só depois deste ter terminado e se reposicionar, procura uma nova linha de passe, colocando a bola à esquerda ou à direita;
  4. Quem cortou, se não recebe a bola (imposição do exercício) corta para o lado contrário à bola.
  5. Jogadores do lado contrário à bola reposicionam-se sempre que um colega corta ocupando o lugar deixado vago por este.
Defesas:
  1. Acompanham o adversário direto em todas as movimentações (defesa HXH)
  2. Não podem roubar a bola
  3. Podem intercetar o passe
O exercício só termina quando o professor considerar que os alunos compreenderam e conseguem aplicar os conceitos

Basquetebol - Iniciação ao 5 Abertos- I

Passagem do jogo 3x3 para 5x5 (Passe, Corte e Reposição)


Descrição:
Passe corte e reposição no jogo 3x3
1º É necessário que os alunos percebam a dinâmica do jogo 3x3
  • 1. Passe do base ao extremo, corte para o cesto (sem receber a bola) pedindo a bola com mão alvo e reposição do lado contrário à bola
  • O Jogador extremo do corredor lateral oposto ocupa o corredor deixado vago pelo corte do base (corredor central)
  • 2. Extremo passa a bola ao jogador que se encontra na posição de base, corta para o cesto pedindo a bola (sem a receber), reposiciona-se no mesmo corredor deixado vago por si.
  • 3. O base volta a passar a bola ao extremo ( direito ou esquerdo) e repetem a acção sem nunca colocarem a bola no corte.
Jogo 5x5 ( 3+2 x 3+2)


Aplicação dos mesmos conceitos do jogo 3x3 ao jogo de 5x5
  1. A bola circula sempre (e apenas) do base para os extremos e dos extremos para o base.
  2. Os alunos em posição de extremo baixo  não interferem na bola
  3. Os alunos na posição extremo baixo, só após terem subido para a posição de extremo é que podem jogar a bola.
  4. A dinâmica do exercício é idêntica.
  5. Não há passe para o corte
  6. Não há passe para o extremo baixo
Descrição:
  1. 1. Base passa ao extremo e corta para o cesto, não recebe a bola e reposiciona-se na posição de extremo baixo
  2. Extremo do lado contrário à bola ocupa a posição de base deixada vaga pelo aluno que cortou
  3. Extremo baixo do lado contrário à bola reposiciona-se ocupando a posição de extremo deixada vaga.
  4. 2.Extremo com bola passa a aluno na posição de base e corta para o cesto, não recebe a bola e reposiciona-se no mesmo corredor na posição de extremo baixo.
  5. O extremo baixo ocupa a posição deixada vaga pelo extremo quando cortou para o cesto.
  6. Base passa para um extremo desmarcado e repete o processo.

Basquetebol - Passe e Corte II


Explicação:
2 Colunas, uma com bolas e outra sem. Professor colocado na Linha de Lance Livre
Jogador 1, com bola, passa ao jogador 2 e corta para o cesto pela frente do professor, recebe a bola e devolve-a ao jogador 2. Vai ao ressalto, recupera a bola e entrega-a ao jogador que lançou.
Jogador 2 recebe o 1º passe e passa ao jogador 1 que corta, desmarca-se por trás deste para o cesto cortando pela frente do professor. Recebe a bola e lança na passada.
Quem lança vai para a coluna com bola.
Nota:
O exercício deve ser realizado dos 2 lados (trocar de lado a coluna com bolas)

Basquetebol - Passe e Corte I

Explicação:
2 Colunas, uma com bolas e outra sem.
Jogador 1, com bola, passa e corta para o cesto pela frente do professor, volta a receber e lança na passada.
Jogador 2 recebe o 1º passe e passa ao jogador que corta, desmarca-se por trás deste e corta para o cesto pela frente do professor. Vai ao ressalto, recupera a bola e vai para a coluna com bola.
Quem lança vai para a coluna sem bola.
Nota:
O exercício deve ser realizado dos 2 lados (trocar de lado a coluna com bolas)

Basquetebol - Saída para Contra-Ataque II


Explicação:
Jogo de 5
Todos os alunos colocados de forma a poderem participar no Ressalto
Há campos definidos.
Quem recupera a bola ataca para o seu cesto.

Um aluno. alternadamente, colocado na Linha de Lance Livre, lança ao cesto.
Se for cesto, alunos da equipa contrária procuram rapidamente colocar a bola em jogo de desenvolver o Contra-Ataque.
Se não for cesto e for recuperada pela equipa que lançou, tentam concretizar rapidamente, ou organizar o ataque em 5 abertos. A outra equipa enquadra-se com os opositores tentando impedir (dentro das regras oficiais ou das regras definidas pelo professor) e entrar em posse de bola para Contra-Atacar

Basquetebol - Saída para Contra-Ataque III - Bloqueio Defensivo

Explicação:
Alunos colocados em 5 abertos.
Uma equipa com bola, lança ao cesto.
Defesas fazem bloqueio defensivo tentando impedir os adversários de irem  ao Ressalto Ofensivo e procurando ganhar posição favorável para o Ressalto Defensivo.
Se a defesa ganha a posse da bola Contra-Ataca para o cesto oposto.
Se não conseguir Contra-Atacar faz a transição defesa/ataque e organiza o jogo em 5 abertos
Se a equipa atacante recupera a posse de bola, procura finalizar caso não consiga  reorganiza o ataque.

Basquetebol - Saída para Contra-Ataque I

Explicação:
Jogo de 5
Todos os alunos colocados de forma a poderem participar no Ressalto
Não há campo definido.
Quem recupera a bola ataca sempre para o cesto oposto, independentemente de ser uma ou outra equipa.

Professor lança a bola à tabela, alunos tentam recuperar a posse de bola, quem a recuperar enquadra-se com o cesto oposto e tenta colocar a bola no jogador mais ofensivo ou no colega que abriu uma linha de passe mais oportuna.
Alunos da equipa que entrou em posse de bola desmarcam-se rapidamente abrindo linhas de passe ofensivas.
Alunos da equipa sem posse de bola recuperam e tentam impedir o contra-ataque.
Se o contra-ataque não for possível, param, organizam o ataque em 5 abertos até que seja marcado cesto ou percam a posse de bola.

Basquetebol - Jogos Lúdicos 8 - Passe e Drible

Explicação:
9 alunos em cada 1/2 campo (18 alunos no total), colocados com mostra a imagem. Filas duplas alternadas com bola.
Saída em drible, a meio do percurso faz passe para o colega que está em frente, (o professor deve indicar o tipo de passe que deseja ver realizado) e vai para o lugar deste.
Podem-se colocar mais alunos nas filas.
A intensidade do exercício depende do número de alunos em fila (quanto >, < a intensidade)
Sugestão:
Os alunos podem fazer paragem ( a 1 ou 2 tempos ) antes do Passe.

Badminton - Jogo Singulares Condicionado

Explicação:
Jogo de singulares em que apenas é permitido 1 tipo de batimento.
Por cada batimento não permitido será descontado 1 ponto ao total acumulado.
Se a sua pontuação for "0", mantém-se o "0".

Situação 1
Jogo singulares em que o único batimento possível é o Lob.
Obrigar os alunos a múltiplos deslocamentos para bater sempre o volante em Lob.
Situação 2
Jogo singulares em que o único batimento possível é o Clear.
Obrigar os alunos a múltiplos deslocamentos para bater sempre o volante em Clear.
Alternativa:
Em ambas as situações possibilitar o uso do Amorti

Badminton - Atividade lúdica 7 - Jogo Elimina Cruzado

Explicação:
4 grupos de alunos - cada 2 frente a frente.
Jogam jogo de eliminar batendo o volante sempre cruzado.(azuis contra azuis, laranjas contra laranjas).
Não podem colocar o volante fora de campo (linha de 1/2 campo longitudinal / linha lateral de pares e linha final).
Se falham o batimento são eliminados.
Sugestão: após o primeiro jogo as equipas vencedoras jogam entre si.

Badminton - Atividade Lúdica 6 - 1 X Todos

Explicação:
Joga-se no campo de singulares
Uma coluna de alunos todos com raquete batem alternadamente o volante tentando destronar o "Rei".
Após baterem vão para trás da fila.
O aluno que conseguir colocar o volante no chão do campo do Rei, vai para o seu "Posto"
Se o "Rei" na tentativa de resposta a um batimento colocar o volante para fora do campo adversário, troca com o aluno que colocou o volante  em situação de difícil resposta.

Basquetebol - Jogos Lúdicos 7 - Passe

Explicação:
Grupos de alunos dispostos com mostra  a figura.
A Bola é inicialmente passada no sentido dos ponteiros do relógio.
Utiliza inicialmente o Passe de Peito
2 bolas em alunos opostos.
Alunos após efectuarem o passe desmarcam-se para a posição oposta à sua.

Alternativas:
  1. Ao sinal do professor troca o sentido da bola;
  2. Ao sinal do professor muda de passe de peito para picado;
  3. Colocar mais um aluno na Linha Lateral, mantendo os dois quadrados;
  4. Fazer o exercício em campo inteiro, colocando suplentes nas posições dos jogadores;
  5. Fazer o exercício em campo inteiro, trocando o grupo a cada 3'.


Basquetebol - III - Saída em Drible Direto / Cruzado

Explicação:
Alunos dispostos em "5 Abertos" (1 Base, 2 Extremos e 2 Extremos Baixos);
Uma bola em cada extremo;
Passe do Extremo ao Extremo baixo, Corte para o cesto e vai para o lado contrário à bola (vai para a coluna contrária);
Reposição do base (ocupação do espaço libertado) para extremo;
Recebe enquadrado com  o cesto,  finta,  sai em drible direto ou cruzado e finaliza.
Extremo Baixo ocupa a posição do Extremo
Exercício recomeça com bola no Extremo


Alternativa:

  • Mecos
  • Defesas passivos num primeira fase
  • Defesas com oposição corporal sem intervir na bola

Basquetebol - II - Saída em Drible Direto / Cruzado

Explicação:

2 colunas na posição de Extremo Baixo com bola
1 coluna sem bola na posição de Base.
Finta de desmarcação e reposição na posição de  Extremo
Recebe a bola enquadrado com o cesto (a 1 tempo ou 2 tempos de acordo com os objectivos do professor)
Finta e saída em Drible Direto  / Cruzado
  •  professor define de acordo com o que pretende ( trabalhar a Mão Direita / Esquerda)
Os Bases passam alternadamente para o lado direito e esquerdo
Após passe vão para a fila  para onde passaram a bola.
É importante que os alunos façam o exercício dos dois lados.

Sugestão:
Se já tiver equipas definidas a organização sai facilitada, pois todos sabem para onde passar a bola e para onde ir.
  • Na posição de base colocar alternadamente alunos da equipa A (coluna da direita) e B (coluna da Esquerda);
  • Alunos da equipa A só fazem o exercício para o lado direito;
  • Quem passa vai para base e só trabalha com a sua equipa;
  • Trocar as colunas, quando considerar pertinente (assimilação efectuada).

Basquetebol - I - Saída em Drible Direto / Cruzado

Explicação:
3 Colunas, uma na posição de Base e 2  em Extremo
3 mecos ou defesas passivos
Os bases passam as bolas alternadamente para a direita e para esquerda.
Reposicionam-se na fila para onde passaram a bola
Extremos fazem finta de Desmarcação
Recebem a bola enquadrados com o cesto

  • primeiro a 1 Tempo, e depois a 2 tempos ensinando a deixar como pé eixo o pé de fora para facilitar o enquadramento.
  • Finta de lançamento  saída em drible direto.
  • Finta de saída em drible direto saída em drible cruzado.

Basquetebol - Jogos Lúdicos 6 - Lançamento

Jogo do Elimina
Explicação:
Uma fila de alunos frente ao cesto na Linha de Lance Livre.
2 bolas diferentes.
2 alunos de cada vez disputam o cesto tentando concretizar.
Os alunos encestam alternadamente (o aluno da frente lança seguido do de trás).
O aluno da frente tem que encestar primeiro que o de trás, caso contrário será eliminado.
Os alunos se lançarem e não encestarem procuram rapidamente recuperar a bola e voltar a encestar até concretizarem ou serem eliminados.
Caso enceste ou seja eliminado entrega a bola ao aluno que se segue na fila, que lançará imediatamente dando continuidade ao jogo.
Jogam até que fiquem apenas 2 alunos.

  • O aluno vencedor é aquele que marcar dois cestos seguidos. Os alunos após encestarem reiniciam na Linha de Lance Livre.

Palavra Chave:
"O de trás elimina o da frente"

Badminton - Encosto


Explicação:
Alunos frente a frente, fora da área de Serviço.
Realizam encosto.
Na fase inicial  um dos jogadores faz apenas encosto de esquerda e o outro faz apenas encosto de direita.
Trocam ao sinal do professor, rodando o corpo.

Alternativa:

  1. Ambos fazem encosto de direita/esquerda.
  2. Se os jogadores dominarem a técnica fazem o encosto de direita ou esquerda de acordo com a trajetória do volante, deslocando-se no espaço.